<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8890843\x26blogName\x3dAtordoadas\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://atordoadas.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://atordoadas.blogspot.com/\x26vt\x3d7904952202693746813', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

sábado, 30 de dezembro de 2006

Para que não tenham uma Passagem de Ano de merda...
Sigam esta recomendação que vos deixo... e divirtam-se...

Depois de sérias considerações e atendendo e considerando que vocês são pessoas porreiras e suficientemente fortes para me aturar, pensei bem e decidi que...
Vou renovar o nosso contrato de amizade para o ano de 2007...
Não foi uma decisão difícil de tomar, mas é um voto de confiança, por isso vejam lá se não me desiludem e mantêm os objectivos traçados para o próximo ano, ok?
Estou a dar-vos uma nova chance pura e simplesmente porque...
Gosto imenso de todos vocês...
Façam o vosso melhor!!!

HAPPY NEW YEAR!!!

terça-feira, 26 de dezembro de 2006

Anedota da semana

Há dois meses que andava a conduzir o seu camião sem conhecer qualquer mulher. Eis que, de repente, vê uma freira na berma da estrada, novinha e bonitinha, a pedir boleia.
"Que Deus me perdoe!" - Pensou ele
Parou o camião e a freira subiu.
"Bom dia, meu filho! Você pode levar-me até à localidade mais próxima?"
"Bom dia, dona freira! Claro que sim! Mas tem um pequeno problema":
"MEU NOME É RODRIGÃO, SOU DE FAMALICÃO, MACHÃO, E QUEM ENTRA NO MEU CAMIÃO NÃO TEM PERDÃO!"
"Calma, meu filho! Aqui à frente está reservado para Deus. Porém atrás está livre!"
Rodrigo não esperou mais, e atirou-se à freira.
Consumado o acto, reiniciou a viagem, com remorsos do que tinha acontecido.
A freira interrompeu os seus pensamentos, dizendo:
"Meu filho, pode deixar-me aqui, que é o meu local de destino".
Rodrigo parou o camião e desculpou-se:
"Dona freira, desculpe o que aconteceu, mas como deve compreender é muito difícil esta vida solitária! Que Deus me perdoe!"
"Não tem problema, meu filho! Deus vai-te perdoar, porque":

"MEU NOME É JUVENAL, SOU DO BOMBARRAL, HOMOSSEXUAL, E ESTA É A MINHA FANTASIA DE CARNAVAL!"

quinta-feira, 21 de dezembro de 2006

Para quem como o Rambo acredita no Pai Natal...

Feliz Natal...!!!

E não se deixem desiludir como ele...

domingo, 17 de dezembro de 2006

Pensei um bocado na vida e é... simplesmente triste!

Deixo-vos com este desabafo...
Um gajo dantes chegava a casa do trabalho e a mulher vinha-o cumprimentar, seguida do cão, aos pulos, contente e satisfeito por o dono estar de volta. Dava-se um beijo, perguntava-se como correu o dia... essas merdas!
Depois um gajo abancava no sofá da sala, ligava a televisão no programa desportivo ou nas notícias enquanto a esposa na cozinha preparava o jantar. Acabado que era, ela chamava o gajo para a mesa, baixinho para não interferir com a informação.
Um tipo jantava, um belo dum entrecosto grelhado e de vez em quando passava a mão pela febra, descobrindo as meias de ligas e a lingerie rendada que ela pusera para o agradar. Cafezinho servido e um balão de conhaque acamavam a refeição, enquanto na TV passava um filme de suspense.
Entretanto a mulher dedicada ia trocar de roupa para levantar a mesa e passeava de avental por cima do body decotado e correspondente cinto de ligas, desfilando enquanto fazia as lides domésticas.
Um gajo entretanto mandava-a para a cama, aquecer o leito, enquanto ia à casa de banho dar um retoque na higiene. Na cama, a esposa fazia uma massagem ao marido trabalhador e depois, se ele assim o entendesse, faziam amor, após o que ele dormia um sono descansado, apenas para acordar no dia seguinte com um beijo de bons-dias acompanhado do pequeno-almoço.

Hoje? Hoje não há nada disto...

Hoje em dia um tipo chega a casa e a gaja não está porque teve uma puta duma reunião até mais tarde... dasse, mas para que é que ela trabalha???
E quem é que nos traz os chinelos???
Como não há gaja, um tipo vai ali à Frangolândia da esquina buscar uma porra duma merda cheia de nitrofuranos para debicar. Chega a casa vai para a sala, senta-se e pimba, eis que entra a gaja, cheia de pressa, saca uma coxa da ave, o pacote de batatas fritas que um gajo teve meia hora para escolher e abanca alegremente no sofá mais confortável com o comando da TV na mão. Faz perguntas de retórica do tipo "Tão? Tásse? Correu bem?" e pior, responde logo a seguir: "Fixe pá. Baril. Cool. Agora péra aí!". Péra aí!!!... Sabem para quê??? Para desatar a fazer um zapping pelos n canais da TVCabo em busca de telenovelas mexicanas e programas da tanga... dasse, não há pachorra... Fica um tipo sem a coxa do frango, sem batatas, sem Tv...
Bem, um gajo vai á casa de banho naquela de cuidar da higiene e caralho pá, aquela merda tá cheia de frasquinhos cor de rosa com uns nomes ilegíveis... mas para que é que a gaja quer tanto frasco????? IRRA!!!! É melhor ir para a cama...
Um gajo deita-se, cansado e farto daquela merda, quer dormir, e ASSIM QUE ADORMECE, eis que chega a gaja, atirasse para cima da cama assim à bruta já toda nua, sem um pingo de lingerie provocante, destapa um gajo, mete-lhe a... na boca, e grita "Lambe!"... e no fim vem-se umas 15 vezes sem sequer um tipo atingir o orgasmo...
No fim, ainda tem a lata de pedir ao gajo para lhe chegar um cigarrinho e uma garrafinha de água que, claro, estão espalhados pela casa...
Um gajo até é um querido, e vai buscar essas merdas e quando chega já a gaja dorme, ressonando que nem um cavalo, só para acordar no dia seguinte, dar uma cotovelada no lombo dum gajo e dizer: "Oi amor... vai lá buscar pão para a gente tomar o pequeno-almoço"... dasse, já não há carinho...
Onde está o amor que unia os nossos pais?
Onde está o respeito?
Onde estão os preliminares??????

terça-feira, 12 de dezembro de 2006

Oração Blogueira...

Blog meu que estás no ar
Muito visitado sejas
Venham a mim novos visitantes
E que eu esteja no ar como editor do blog
Assim de dia como de noite
A criatividade de cada dia me dai hoje
Perdoai a minha preguiça
Assim quando eu copio
Bem como a quem me tem copiado
E não me deixes desanimar de ser blogueiro
Livra-me dos vírus

Comentem!!!

sexta-feira, 8 de dezembro de 2006

Analgésico ??!!

Por causa das "cauboiadas" e outras que tais:
Há um amigo meu que costuma pedir um "oralgésico" quando sente dor de cabeça.
Ele esclarece, "analgésico, ninguém me faz tomar".

sexta-feira, 1 de dezembro de 2006

Em tempos de crise...

Há que poupar, inclusive no tabaco...