<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8890843\x26blogName\x3dAtordoadas\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://atordoadas.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://atordoadas.blogspot.com/\x26vt\x3d7904952202693746813', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

quarta-feira, 9 de março de 2005

O Boss nunca está satisfeito

O dono de um talho foi surpreendido pela entrada dum cão dentro da loja. Ele enxotou-o mas o cão voltou logo de seguida. Novamente ele tentou espantá-lo mas reparou que o cão trazia um bilhete na boca.

Ele pegou o bilhete e leu:

- Pode mandar-me 12 salsichas e uma perna de carneiro, por favor ?

O cão trazia também dinheiro na boca, uma nota de 50 euros. Ele pegou no dinheiro, pôs as salsichas e a perna de carneiro num saco e colocou-o na boca do cão.

O talhante ficou realmente impressionado e como já estava na hora, decidiu fechar a loja e seguir o cão. Este começou a descer a rua e quando chegou ao cruzamento depositou o saco no chão, pulou e apertou o botão para fechar o sinal. Esperou pacientemente com o saco na boca que o sinal fechasse e ele pudesse atravessar. Atravessou a rua e caminhou até uma paragem de autocarro, sempre com o talhante a segui-lo.

Na paragem, o cão olhou para o painel dos horários e sentou-se no banco para esperar o autocarro.Quando o autocarro chegou o cão foi até à frente para conferir o número e voltou para o seu lugar. Outro autocarro chegou e ele tornou a olhar, viu que aquele era o número certo e entrou.

O talhante, boquiaberto, seguiu o cão. De repente o cão levantou-se, ficou em pé nas duas patas traseiras e apertou o botão para saltar, tudo isso com as compras ainda na boca.

O talhante e o cão foram caminhando pela rua quando o cão parou à porta de uma casa e pôs as compras no passeio. Então virou-se um pouco, correu e atirou-se contra a porta. Tornou a fazer o mesmo mas ninguém respondeu.

Então contornou a casa, pulou um muro baixo, foi até à janela e começou a bater com a cabeça no vidro várias vezes. Caminhou de volta para a porta e, de repente, um tipo enorme abriu a porta e começou a espancar o bicho.

O talhante correu até ao homem e impediu-o dizendo: "Deus do céu homem, o que é que você está a fazer? O seu cão é um génio!"

O homem respondeu: "Um génio ??? Esta já é a segunda vez esta semana que este cão estúpido se esquece da chave!".

Moral da história:

Podes continuar a exceder as expectativas mas, aos olhos do chefe, isso estará sempre abaixo do esperado...

3 Atoardas:

Blogger Delírio da Loirinha disse...

Boa lição de moral.... tá muito giro!
beijinhos

09 março, 2005  
Blogger A metanóica disse...

É melhor eu tratar meu chefe como cão então... ele merece bem mais que eu...

09 março, 2005  
Blogger lokus_boy disse...

sim senhor... ora aí esta um belo exemplo de k os cães são mais espertos k mtos homens. abraço.

10 março, 2005  

Enviar um comentário

<< Inicio