<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8890843\x26blogName\x3dAtordoadas\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://atordoadas.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://atordoadas.blogspot.com/\x26vt\x3d7904952202693746813', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

quinta-feira, 22 de setembro de 2005

Caro Sr. Primeiro-ministro

Venho por meio desta comunicação manifestar o meu total apoio ao seu esforço de modernização do nosso país. Como cidadão comum, não tenho muito mais a oferecer além do meu trabalho, mas já que o tema da moda é Reforma Tributária, percebi que posso definitivamente contribuir mais.
Vou explicar:
Na actual legislação, pago na fonte 31% do meu salário (20 para o IRS e 11 para a Segurança Social). Como pode ver, sou um cidadão afortunado. Cada vez que eu, no supermercado, gasto o que o meu patrão me pagou, o Estado, e muito bem, fica com 19% para si (31+19). Sou obrigado a concordar que é pouco dinheiro para o governo fazer tudo aquilo que promete ao cidadão em tempo de campanha eleitoral. Mas o meu patrão é obrigado a dar ao Estado, e muito bem, mais 23,75% daquilo que me paga para a Segurança Social. E ainda 33% para o Estado (50+23.75+33).
Além disso quando compro um carro, uma casa, herdo um quadro, registo os meus negócios ou peço uma certidão, o Estado, e muito bem, fica com quase metade das verbas envolvidas no caso.
A minha sugestão, é invertermos os percentuais. A partir do próximo mês autorizo o Governo a ficar com 100% do meu salário...
Funcionaria assim: Eu fico com 6.75% limpinhos, sem qualquer ónus mas o Governo fica com as contas de:
- Escola
- Seguro de Saúde
- Despesas com dentista
- Remédios
- Materiais escolares
- Condomínio
- Água
- Luz
- Telefone
- Supermercado
- Gasolina
- Vestuário
- Portagens
- Contribuição Autárquica
- IVA
- IRS
- IRC
- IA
- Segurança Social
- Seguro do carro
- Inspecção Periódica
- Taxas do Lixo, reciclagem, esgotos e saneamento
- E todas as outras taxas que nos impinge todos os dias
- Previdência privada e qualquer taxa extra que por ventura seja repentinamente criada por qualquer dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.
Um abraço Sr. Primeiro-ministro e muito boa sorte, do fundo do meu coração!!!

Ass: Um trabalhador que já não mais sabe o que fazer para conseguir sobreviver com dignidade.

PS: Podemos até negociar o percentual!!!

Com os melhores cumprimentos,
Eu

11 Atoardas:

Anonymous Ana disse...

Bem se o 1º Ministro aceitar a proposta eu faço o mesmo quando começar a trabalhar...sim é que por enquanto tenho que pagar (e muito) para estudar (apesar de o ensino só andar para trás...querdizer ovalor das propinas anda para a frente)!

22 setembro, 2005  
Blogger Miguel disse...

Se cobrirem as minhas despesas totais podem tb reter 95% do meu salario!

Bjks da matilde

22 setembro, 2005  
Blogger Rogue disse...

Da maneira como isto está até dou os 100% desde que tenha tudo o resto pago..... Acho que o governo sairia a perder mesmo assim....A Ginastica que temos de fazer para os Extras que aparecem é incrivel....E com extras digo bens essenciais....

22 setembro, 2005  
Blogger JPD disse...

Está muito bem elaborada esta edição. Bom trabalho.
Um abraço

22 setembro, 2005  
Blogger Miss Trouble disse...

Tives-te bem! beijos

23 setembro, 2005  
Blogger O Micróbio disse...

Por baixo do Eu, podes também colocar: Carlos Tavares... :-)

23 setembro, 2005  
Blogger Paula Raposo disse...

Eu subscrevo também...é que é um bocado demais!! Pôrra!! Até daria o salário se os sistemas funcionassem em condições, mas nesta 'trampa' nada funciona, e a lentidão, a pasmaceira e a estupidez, tudo aliado dá no que se vê!! País de boa vida...só para alguns! Continua ao ataque! Beijinhos

24 setembro, 2005  
Blogger TMara disse...

LOL*****Verdade, verdadinha k podemos fazer um abaixo assinado, uma manif até tendo como manifesto este texto...Vais ver k enche as ruas. Bom f.s Bjs e ;)

24 setembro, 2005  
Blogger elsasilva disse...

Nestes termos eu tb apoio a Manif!!! Ideia aprovada!! Mas tenho a sensação que, mais tarde ou mais cedo, vai ser vetada... :(

25 setembro, 2005  
Blogger Ricardo Leal disse...

e a cerveja carago?

27 setembro, 2005  
Blogger killer disse...

ó meu, isto tb não tá assim tão mal... faz como eu: um ganhadinho e um roubadinho faz um montinho. E se queres chamar a atenção do 1º minist fala de gajos!!!

28 setembro, 2005  

Enviar um comentário

<< Inicio