<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8890843\x26blogName\x3dAtordoadas\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://atordoadas.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://atordoadas.blogspot.com/\x26vt\x3d7904952202693746813', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

terça-feira, 10 de janeiro de 2006

Para reflectir...

Estava um cego sentado num passeio em Paris, com um boné aos seus pés e um pedaço de madeira que escrito com giz branco, dizia:
"Por favor, ajude-me, sou cego".
Um publicitário, da área de marketing, que passou por ele, parou e viu só algumas moedas no boné.
Sem pedir licença, pegou no cartaz, virou-o, pegou no giz e escreveu outro anúncio.
Voltou a colocar o pedaço de madeira aos pés do cego e foi-se embora. Pela tarde, o publicitário voltou a passar em frente ao cego que pedia esmola.
Agora, o seu boné estava cheio de notas e moedas.
O cego reconheceu as pisadas e perguntou-lhe se tinha sido ele quem reescreveu seu cartaz, sobretudo querendo saber o que havia escrito lá.
O publicitário respondeu:
"Nada que não esteja de acordo com o seu anúncio, mas com outras palavras".
Sorriu e continuou o seu caminho.
O cego nunca soube, mas o seu novo cartaz dizia:
"Hoje é Primavera em Paris, e eu não posso vê-la".

Mudar a estratégia quando nada nos acontece... pode trazer novas perspectivas.
Precisamos sempre de escolher a forma certa de comunicar com as pessoas.
Não adianta simplesmente falar, precisamos conhecer a melhor mensagem para tocarmos, sensibilizarmos e convencermos as pessoas.

14 Atoardas:

Blogger Pedro Nobre disse...

Concordo contigo, há muitas maneiras de dizer o mesmo ou transmitir uma mensagem...

Pedro Nobre

10 janeiro, 2006  
Blogger Ana disse...

Tens toda a razão! Há mil e uma formas de dizer uma coisa e através delas obter uma diferente reacção numa mesma pessoa!

10 janeiro, 2006  
Anonymous alyia disse...

Podia dizer que gostei de estar aqui... lamento hoje não encontro melhor forma de transmitir essa mensagem

10 janeiro, 2006  
Blogger Talk Talk disse...

Gostei deste novo tipo de "registo"!
Por vezes a forma como se transmite algo, quer seja a comunicação escrita, oral, ou qualquer outra forma de transmissão pode ser muito importante para se perceber melhor o conteúdo.
Um abraço.

11 janeiro, 2006  
Blogger augustoM disse...

Nem sempre a verdade nua e crua é o que convence, maquilhar com as emoções pode ser mais vantajoso.
Um abraço. Augusto

11 janeiro, 2006  
Blogger TMara disse...

o saber dizer as coisas é muito importante. Saber o k nomear...quantas conversas desconversam e as pessoas se zangam por causa da selecção, ou falta dela, das plaavras e desfasamento com o sentir,ou, no mínimo com as ideias. Bj de luz e paz

11 janeiro, 2006  
Blogger BB (O.ö) disse...

Muito bonito...
Não conhecia...

Obrigada pelas palavras :)*

11 janeiro, 2006  
Blogger Paula Raposo disse...

Verdade. Eu ainda não atingi o ponto de saber comunicar. Obrigada pelas tuas palavras, já tinha percebido que estavas em reflexão. Eu vou entrar agora, nessa fase. Beijinhos para ti.

11 janeiro, 2006  
Blogger Adryka disse...

Olá amigo, já conecia esta, embora reconheça que é sempre bom recordar.
Beijinhos e um bom 2006

12 janeiro, 2006  
Blogger Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Já conhecia, mas achei óptimo teres recordado aqui, porque de facto encerra uma grande verdade e muito pouco utilizada nos últimos tempos.
Bj

12 janeiro, 2006  
Blogger O Micróbio disse...

Já conhecia o episódio... prova que até as nossas capacidades profissionais podem (e devem) estar ao serviço dos desfavorecidos!

13 janeiro, 2006  
Blogger TMara disse...

ora então um bom f.s k está à porta. bj de luz e paz :)

13 janeiro, 2006  
Blogger Natalie Afonseca disse...

OLá!!
Muito bonito oque acabei de ler!! E tocante!!
AS coisas podem mudar com um simples gesto....
Beijinhos p ti!!
:)

13 janeiro, 2006  
Blogger lena disse...

tocante, e é verdade a forma como se transmite a mensagem faz a diferença

beijinhos meus

e bom fim de semana

lena

14 janeiro, 2006  

Enviar um comentário

<< Inicio