<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8890843\x26blogName\x3dAtordoadas\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://atordoadas.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://atordoadas.blogspot.com/\x26vt\x3d7904952202693746813', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2006

A estupidez como "Herança"

O novo concurso da RTP, a "Herança", tem um final assaz divertido: o apresentador revela cinco palavras sem qualquer ligação aparente e o concorrente "só" tem de descobrir, num curto espaço de tempo, o termo que está relacionado com todas elas.

Mas qual é a piada, perguntam vocês. Ora, a piada está no facto de ser impossível adivinhar o termo pretendido, tendo em conta que as cinco "pistas" são totalmente absurdas e enganadoras.
O pobre concorrente fica com cara de parvo a olhar para elas e, no final, quando lhe é revelado o termo que ele deveria (quase por milagre) ter acertado, solta um triste e pouco convicto "Ah, pois era". Isto perante o riso paternalista do intragável Malato, que qualifica esta patranha de "prova de conhecimento" e invariavelmente conforta o pateta do concorrente com o terrivelmente cínico: "Está a ver? Bastava pensar um bocadinho!".

Vejam, por exemplo, o que se passou num destes últimos programas. Estas eram as pretensas pistas (juro que é verdade):

Paulo / Napoleão / Paraguai/ Évora / Promoção

Como podem ver, basta reflectir durante 2 minutos para descobrir o termo certo. Não conseguem? Pensem lá mais um pouco. Como é óbvio para uma luminária do calibre do Malato, a palavra certa só poderia ser " Assunção" .
Confusos? Ora bem, como explicou o apresentador, "Paulo" é o primeiro nome do jogador do FCP Paulo Assunção (fodasse, esta era de caras pá e eu aqui a pensar em S. Paulo).
"Napoleão" nasceu no dia 15 de Agosto, dia de Nossa Senhora da Assunção (Tão fácil. Como é óbvio, o concorrente deveria ter pensado: "Napoleão? Ainda bem que publiquei a semana passada a minha tese de doutoramento sobre a vida de Napoleão. Sei que o gajo nasceu a 15 de Agosto de 1769 às 13:30, e sendo esse o dia da Nossa Senhora da Assunção, a resposta só pode mesmo ser Assunção").
A terceira pista, "Paraguai", é a única que faz sentido, sendo no entanto ofuscada pelo surrealismo das outras.
"Évora" era uma pista muito óbvia para o Malato, já que a cidade tem uma igreja da Nossa Senhora da Assunção (não consta, no entanto, que o Paulo Assunção ou o Napoleão tenham alguma vez lá rezado uma missa).
Por fim, "Promoção" é um dos sinónimos de "Assunção". Mais fácil que isto era impossível.

Gosto tanto deste programa que vou dar-vos cinco pistas para descobrirem o termo subjacente:

Esquimó / Bode / Doente / Otário / Pontapé

Vá, pensem lá um bocadinho...
Ora bem, o "esquimó" é conhecido por comer muita gordura para se aquecer e gordura é o que não falta ao Malato.
Quanto a "Bode", quem pode esquecer a barba de bode do Malato? Mais óbvio é impossível.
"Doente" é um sinónimo de Malato (fui ver ao dicionário).
"Otário" é uma das suas características mais salientes.
Por último "Pontapé" era o que eu gostava de lhe dar naquela peida gorda (o que remete de novo para "Esquimó").
Fodasse, mais fácil era impossível. Ou como diria o Malato "Estão a ver? Bastava pensar um bocadinho!".

12 Atoardas:

Blogger Miguel disse...

Grande Concurso ...

Coitado do Malato!

Um BOM FDS!

Bjks da matilde

17 fevereiro, 2006  
Blogger Talk Talk disse...

Concordo contigo sobre a dificuldade da prova final, que chega a roçar o impossivel. Mas olha que até já houve uma ou duas mais acessiveis (eu quase acertei uma um dia destes eh eh eh).
Quanto ao Malato... é pá acho que a culpa não é dele mas da produção,eu até simpatizo com o tipo.
Um grande abraço.

17 fevereiro, 2006  
Blogger Ana disse...

Tens razão é muito complicado adivinhar a palavra!

Quanto ao Malato...Sem duvida que está cada vez mais parvo, acho que tem ficado pior de concurso para concurso!!

17 fevereiro, 2006  
Blogger Adryka disse...

Olá amigo, sabes vi só a primeira sessão detesto o Malato tem cara de parvo, há quem goste ok, mas eu não sou obrigada a gramar com ele o dia todo. Beijinhos

18 fevereiro, 2006  
Blogger Miss Trouble disse...

Ya. so vi duas vezes pq nem da pica...

19 fevereiro, 2006  
Blogger lena disse...

tens cada ideia, isso nem me passava pela cabeça

a dificuldade é realmente muita vi ontem e até acertou na palavra

bom é passar por aqui para me rir um pouquinho

beijinhos meus, amigo

lena

19 fevereiro, 2006  
Anonymous alyia disse...

Caramba tenho de ver esse programa. Só de pensar o que ando a perder já me sinto mal :(
Vocês vêem com cada coisa... :D

19 fevereiro, 2006  
Blogger augustoM disse...

Não vejo muita televisão, mas como passa antes do telejornal, por vezes dou uma olhadela. Refiro-me à Roda dos Milhões. Este concurso é a prova evidente de como os produtores da TV nos julgam uma cambada de estúpidos.
O palpite final dado pelos concorrentes não é conferido com qualquer montante previamente estabelecio e que deveria estar em posse do apresentador. Não senhor, aparece pura e simplesmente no ecrã uma verba fornecida pela produção, do que pode deduzir a possbilidade de selecção na oferta do prémio, alheia ao espírito do concurso.
Um abraço. Augusto

20 fevereiro, 2006  
Anonymous el guardiam disse...

ai o Malato maluco!

Em relação aos hackers:
a informação fica em rede e eles com um programa sacam a password.

21 fevereiro, 2006  
Blogger Paula Raposo disse...

Desconhecia este concurso, aliás eu ando sempre a leste do que se passa na televisão. Mas deve ser mesmo canja??!! Beijos

21 fevereiro, 2006  
Blogger adesenhar disse...

coincidência esta do teu post.
ontem vi a parte final deste programa.

o conjunto das palavras tinha ligação com Negro, que era a resposta certa e por sinal o concorrente acertou.

A melhor parte estava para vir, o intragável Malato e para meu espanto, disse que o concorrente era um GÉNIO,
por ter acertado no meio de pistas duvidosas.
O homem estava eufórico e não parava
e insistia na genialidade de um concorrente estupefacto, com um pai na plateia, banhado em lágrimas, porque o paspalho do Malato colocou o filhote na prateleira dos génios.

obviamente amanhã há mais Malatarias.
:)

21 fevereiro, 2006  
Anonymous doutoramento disse...

obrigado por esta publicação!!

15 setembro, 2014  

Enviar um comentário

<< Inicio