<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8890843\x26blogName\x3dAtordoadas\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://atordoadas.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://atordoadas.blogspot.com/\x26vt\x3d7904952202693746813', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

quinta-feira, 6 de julho de 2006

As mulheres Portuguesas para fazerem nascer os filhos...

Onde chegámos...

12 Atoardas:

Blogger Miguel disse...

Dantes iamos ás compras ...
Agora vamos ter filhos!!

Bjks da Matilde

05 julho, 2006  
Blogger marco disse...

é incrives este portugal....regressei as lides tauromaticas

06 julho, 2006  
Blogger flor de loto disse...

nao consigo entrar no outro blogg...beijinhos

06 julho, 2006  
Blogger GNM disse...

Está fantástico o cartoon.

Fica bem!

06 julho, 2006  
Blogger Lúcia disse...

eheheheh, mais vale não engravidar

06 julho, 2006  
Blogger BB (O.ö) disse...

E nascem lá muito bem...

com o rumo que isto anda a tomar...

Beijocasss***

06 julho, 2006  
Blogger pisconight disse...

Se calhar os filhos mais tarde até vão agradecer por terem nascido em Espanha... ou não...
;)

07 julho, 2006  
Blogger Ana disse...

E o numero de nascimentos vai diminuir ainda mais!!!

07 julho, 2006  
Blogger Isa&Luis disse...

Eu nasci em casa. Uma geração depois nascia-se numa maternidade, porque, sem imposição do governo, todos concordavam que era mais seguro?
Agora se o governo, em vez de impor, mostrasse claramente que é melhor nascer nas maternidades que não vão fechar seria uma atitude mais democrática. Mas ele conta que as pessoas foram educadas para obedecer e estranha que reajam desobedecendo.
Um beijo, se és mulher. Caso contrário, um abraço!
Luis

07 julho, 2006  
Anonymous Anónimo disse...

Com a linha de TGV de Lisboa e outra do Porto a Badajoz, eliminavam-se a maternidades do País; custos reduzidos ao máximo. Boa ideia para o Sócrates.

Boa continuação

Maria

07 julho, 2006  
Blogger Dulcineia disse...

E...
Porque raio estão sempre a ver a coisa pelo lado negativo???
Não vos parece que é + importante assegurar com razoabilidade os nascimentos e recuperação da mãe com segurança e comodidade?
Porquê tanta guerra,quando todos estamos carecas de conhecer pessoal que já hoje tém um bloco de partos ao pé de casa e prefere dar à luz num grande centro!
Na minha região somam e seguem as grávidas que vão parir a Coimbra e no entanto anda tudo em pé de guerra porque o governo e bem,veio dizer que dos 3 blocos de partos da Beira Interior algum vai fechar.

08 agosto, 2006  
Blogger Um Poema disse...

A melhor forma de apressar a desertificação é mesmo essa. Fechar escola, fechar posto de saúde, fechar maternidade, fechar, fechar, fechar.
Se fossem razões de saúde pública, não se fechava, melhorava-se. E a grávida que ficasse com a opção de ter o filho em casa, em Badajoz, em Coimbra, ou no mato se fosse essa a sua opção.
Não sendo assim, a imposição de fechar, para lá de tudo o mais que lhe esteja subjacente, é criticável.
Um abraço

12 agosto, 2006  

Enviar um comentário

<< Inicio