<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8890843\x26blogName\x3dAtordoadas\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://atordoadas.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://atordoadas.blogspot.com/\x26vt\x3d7904952202693746813', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

10 Verdades incontornáveis...

- Ninguém é completamente inútil.... pelo menos serve de mau exemplo
- Se não formos parte da solução, regra geral somos parte do problema
- Errar é humano, mas saber em quem colocar a culpa, é mais humano ainda
- O importante não é saber, mas ter o telefone de quem sabe
- Quem sabe, sabe. Quem não sabe é chefe
- É bom deixar a bebida, desde que se lembre onde
- Existe um mundo melhor, mas é caríssimo
- Trabalhar não mata, mas corre-se o risco de morrer a trabalhar
(não arrisques!!!)
- As duas palavras que abrem muitas portas são PUXE e EMPURRE
- Não leves a vida tão a sério, afinal não sairás vivo dela

12 Atoardas:

Blogger Papoila disse...

Querido Art:
Todas elas incortonáveis sem dúvida... mas a que mais gostei... "- Não leves a vida tão a sério, afinal não sairás vivo dela" eheheh...
Beijos

02 fevereiro, 2009  
Blogger Thiago Forrest Gump disse...

Pior que é verdade!

lol

04 fevereiro, 2009  
Blogger Ana disse...

É que nem dá para contra-argumentar seja o que for!

Beijinhos

04 fevereiro, 2009  
Blogger Gilda disse...

10 verdades incontornáveis, Art?...
Incontornáveis, incontestáveis...
Olha, estou estarrecida, é o que é!
hehehehe
Adios!

04 fevereiro, 2009  
Blogger ▒▓█► JOTA ENE ® disse...

Comungo em muita coisa que dizes aqui.

Não me mato a trabalhar pq como dizes não saio daqui vivo e acho tb que o trabalho mata o amor. tenho dito.

05 fevereiro, 2009  
Blogger Rynaldo Papoy disse...

Em 1496, durante a inquisição, os monges alpinos cortaram os pênis das bruxas hermafroditas e assaram e comeram como se fosse linguiça. Era uma terça-feira.

07 fevereiro, 2009  
Blogger Rynaldo Papoy disse...

Ótimas verdades, vai tudo para meu blog.

07 fevereiro, 2009  
Blogger contradicoes disse...

É tudo isso verdade mas também concordo com a Papoila a de não levar a vida tão a sério porque afinal não se sairá dela vivo é a que mais verdade encerra. Um abraço

07 fevereiro, 2009  
Blogger A Teoria do Kaos disse...

Certo, muito certo...

Abraço

07 fevereiro, 2009  
Blogger C Valente disse...

umas quantas verdaddes
saudações amigas

07 fevereiro, 2009  
Blogger Parapeito disse...

Olá Art :)...Fiquei a pensar no que deixaste no parapeito acerca de termos tempo...e do que disseste no final :(
Seja o que for...espero que se resolva da melhor maneira desejando que nao seja nada de sáude...se calhar foi só uma constatação dos tempos dificeis que estamos a viver e nao tanto a nivel pessoal...
Vejo te como uma pessoa cheia de energia positiva...se bem que isso nao impeça que tenhas os teus problemas...
Na volta estou a fazer uma tempestade num copo de água....desculpa...seja como for...tens sempre a ultima verdade incontornável :Não leves a vida tão a sério, afinal não sairás vivo dela" :))

(Talvez seja melhor...só leres e nao publicares )
faz como entenderes
****

11 fevereiro, 2009  
Blogger Anagarras disse...

Errar é humano sim senhor, não podemos é ser humanos demais ;)

jinhux

19 fevereiro, 2009  

Enviar um comentário

<< Inicio